ABRAPCH: Explosão tarifária aumenta migração do consumidor

ABRAPCH: Explosão tarifária aumenta migração do consumidor para o mercado livre de energia

Explosão tarifária aumenta migração do consumidor para o mercado livre de energia ? 18/02/2016
Fonte: ABRAPCH
 
O mercado livre de energia vive uma expressiva expano, principalmente em virtude da explosão tarifária no ambiente cativo de contratação. Apesar da crise hidrológica que afetou bruscamente o setor em 2012, o segundo semestre de 2015 está sendo marcado por intensa movimentação de consumidores. Somente neste período, de acordo com a Abraceel ? Associação Brasileira de Comercializadores de Energia -, 700 empresas iniciaram o processo de migração para o ACL, que dura cerca de 6 meses.
 
Entre os principais fatores apontados para a movimentação estão: a alta das tarifas de energia praticadas no ambiente cativo e impossibilidade de previsão de custos mensais com energia neste modo de contratação. ?Neste ano, o consumidor cativo sentiu intensamente a alta nas tarifas de energia. Isso porque, além das bandeiras tarifárias que estão vermelhas desde janeiro, houve recomposição tarifária para todas as distribuidoras e o aporte do Tesouro pelo governo esperado pelo mercado que não aconteceu. Assim, o consumidor cativo passa a arcar com alta maior na conta de luz?, explica Walfrido Avila, presidente da Trade Energy.
 
A instabilidade do dólar e a alta da inflação no Brasil, que impactam na compra de energia no mercado regulado ? cuja correção é feita pelo IPCA ? e na tarifa da Hidrelétrica de Itaipu comprada compulsoriamente pelas distribuidoras de energia das regiões Sul e Sudeste, também são fatores importantes na alta destas tarifas ao consumidor cativo.
 
?Temos ainda o encarecimento dos novos projetos de geração que elevam o impacto tanto no dólar quanto na inflação? afirma Avila.
 
De acordo com o executivo, a migração para o ACL será responsável por uma economia de cerca de 30% nos custos de energia para estes consumidores. Isso porque apesar do aumento da tarifa praticada no mercado cativo, houve uma redução do preço da energia existente. ?Os consumidores livres desfrutam de uma previsão dos gastos com energia, que evita que tenham surpresas com tarifas muito altas e gastos acima do esperado. Além disso, esse modelo de contratação também permite maior abertura na negociação de preços, que beneficia o consumidor e viabiliza uma economia bastante considerável?, diz o executivo.
 
Atualmente os consumidores livres de energia representam 60% do PIB brasileiro, sendo 25% da carga total do sistema.

See also

Geral

27.07.22

Walfrido Avila é uma das 100 personalidades mais influentes do setor de energia

Press Release

04.07.22

Nova Lei do Gás: Tradener e Compagas viabilizam a primeira importação de gás e inauguram o Mercado Livre

Na Mídia

04.07.22

Tradener é destaque editorial na imprensa pela divulgação do primeiro contrato que inaugura o mercado livre do gás no Brasil.

Geral

21.06.22

O que faz um profissional que trabalha com comercialização de energia?

Geral

07.06.22

Tradener alcança certificação Great Place to Work pela segunda vez

Na Mídia

17.05.22

Barra Bonita é destaque em jornal Gazeta do Povo do PR

Geral

04.05.22

Tradener investe em energia limpa e renovável para um mundo em transformação

Setor Energético

28.04.22

Brasil alcançou a 6ª posição em ranking de energia eólica

Geral

27.04.22

Mês da criatividade e inovação com protagonismo da Tradener

07.04.22

Cidade de Pindaí onde empresa do grupo tem parque eólico celebra 60º aniversário

Setor Energético

23.03.22

Como a meteorologia impacta os preços da energia elétrica no Brasil?

Press Release

22.03.22

Tradener propõe Plano Nacional de 100 PCHs com geração de até 1 milhão de empregos

Press Release

22.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Press Release

22.03.22

Tradener cresceu quase 60% suas vendas de energia em MWh em 2021

Press Release

22.03.22

Tradener aumentou em 103% sua compra de energia no longo prazo.

Setor Energético

22.03.22

A importância da água na geração de energia elétrica.

Setor Energético

15.03.22

O que esperar da micro e mini geração distribuída x incentivos e crescimentos projetados?

Gás

07.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Setor Energético

22.02.22

PDE 2031: qual é a tendência da Matriz Energética Nacional para a próxima década?

Geral

17.02.22

Sua empresa está preparada para descarbonizar?

Setor Energético

10.02.22

Como está o processo de geração de energia eólica em mar brasileiro?

Setor Energético

09.02.22

A influência das chuvas na geração de energia eólica

Setor Energético

02.02.22

Energia Renovável no Brasil, o que esperar para os próximos anos?

25.01.22

Parabéns, São Paulo da garoa, da terra boa e da energia solar!

Geral

10.11.21

Como é o mercado de trabalho no setor de energia?

Mercado Livre

11.08.21

Como alcançar mais previsibilidade na fatura de energia elétrica?

Geral

25.03.21

Energia Eólica no Brasil e no mundo

Setor Energético

20.05.22

Chuvas de março melhoram afluência da região Sul

%d bloggers like this: