Tradener: a solução para a falta de energia elétrica é política, e não técnica

Primeira comercializadora do mercado livre no Brasil, empresa comemora 23 anos.

O Brasil precisa urgentemente de uma solução política firme para o setor energético, ou não evitará a perda econômica que será causada pela anunciada crise hídrica. O alerta é feito por Walfrido Avila, presidente da comercializadora de energia elétrica Tradener, empresa pioneira que está completando hoje (28 de julho) 23 anos de atuação no mercado livre de energia.

Com cerca de mil clientes no mercado de consumidores livres, a empresa contabiliza 1,3 mil MW médios comercializados, e R$ 1,3 bilhão de investimentos em projetos de geração de energia limpa. Neste ano, a empresa passa a dispor de 150MW de energia renovável com origem em usinas próprias, está com outros 50 MW em construção e em carteira, devendo iniciar outros 150 MW em 2022.

“Temos visto que, havendo vontade, é possível investir para construir usinas e tornar real a geração de qualquer tipo de energia, desde as tradicionais fontes hídricas até as modernas fontes eólicas e solares, e nós estamos fazendo isso. Mas são tantos obstáculos governamentais e jurídicos que fica cada vez mais difícil ter essa vontade”, comenta Walfrido.

O empresário destaca que desde 2015 o mercado está andando de lado, sem incremento real na disponibilidade de energia elétrica para comercialização, e aponta que “é importante termos uma base de geração térmica eficiente e com preços reais, mas há anos, desde o governo anterior, se insiste numa sistemática de leilões que evidentemente não proporciona isso. Além disso, o País não deve enfrentar a crise hídrica apenas recauchutando velhas usinas térmicas ou levando os investimentos para reservas a partir de motores que dependem do petróleo, que hoje até é considerado uma energia suja. O melhor agora seria a decisão política de administrar a crise pelo lado da demanda, usar de forma inteligente os recursos que já temos, enquanto nos prepararmos o futuro”.

Até por influência mundial, para poderem adequar-se aos mercados externos, as grandes empresas brasileiras necessitam demonstrar que consomem energia limpa. “Não é por acaso que atualmente também está em destaque a certificação da origem da eletricidade com essa qualidade”, observa Walfrido, ao afirmar que “nestes 23 anos a Tradener tem lutado pela ampla abertura do mercado, e para isso está atenta às demandas dos consumidores, que hoje mais do que querer precisam de energia nova, limpa e renovável.”

Para atender a essa necessidade do mercado é que a Tradener ampliou a atuação para além da comercialização, integrando ao seu perfil a geração de energia renovável. Na visão de Walfrido, “o consumidor livre se sente bem quando sabe que a energia que compra do comercializador, além de ser certificadamente limpa, é garantida pela geração própria, e isso é uma grande responsabilidade. Hoje temos pequenas centrais hidrelétricas e usinas eólicas em pleno funcionamento, e também apoiamos a geração solar ao garantir a colocação de seu produto no mercado.”

Veja também

Geral

21.06.22

O que faz um profissional que trabalha com comercialização de energia?

Geral

07.06.22

Tradener alcança certificação Great Place to Work pela segunda vez

Na Mídia

17.05.22

Barra Bonita é destaque em jornal Gazeta do Povo do PR

Geral

04.05.22

Tradener investe em energia limpa e renovável para um mundo em transformação

Setor Energético

28.04.22

Brasil alcançou a 6ª posição em ranking de energia eólica

Geral

27.04.22

Mês da criatividade e inovação com protagonismo da Tradener

07.04.22

Cidade de Pindaí onde empresa do grupo tem parque eólico celebra 60º aniversário

Setor Energético

23.03.22

Como a meteorologia impacta os preços da energia elétrica no Brasil?

Press Release

22.03.22

Tradener propõe Plano Nacional de 100 PCHs com geração de até 1 milhão de empregos

Press Release

22.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Press Release

22.03.22

Tradener cresceu quase 60% suas vendas de energia em MWh em 2021

Press Release

22.03.22

Tradener aumentou em 103% sua compra de energia no longo prazo.

Setor Energético

22.03.22

A importância da água na geração de energia elétrica.

Setor Energético

15.03.22

O que esperar da micro e mini geração distribuída x incentivos e crescimentos projetados?

Gás

07.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Setor Energético

22.02.22

PDE 2031: qual é a tendência da Matriz Energética Nacional para a próxima década?

Geral

17.02.22

Sua empresa está preparada para descarbonizar?

Setor Energético

10.02.22

Como está o processo de geração de energia eólica em mar brasileiro?

Setor Energético

09.02.22

A influência das chuvas na geração de energia eólica

Setor Energético

02.02.22

Energia Renovável no Brasil, o que esperar para os próximos anos?

25.01.22

Parabéns, São Paulo da garoa, da terra boa e da energia solar!

Geral

10.11.21

Como é o mercado de trabalho no setor de energia?

Mercado Livre

11.08.21

Como alcançar mais previsibilidade na fatura de energia elétrica?

Geral

25.03.21

Energia Eólica no Brasil e no mundo

Setor Energético

20.05.22

Chuvas de março melhoram afluência da região Sul

%d blogueiros gostam disto: