Modernização do setor elétrico é tema de evento patrocinado pela Tradener

O Energy Solutions Show, patrocinado pela Tradener, foi realizado em plataforma digital neste ano e contou com a participação de importantes nomes do setor elétrico.

O Energy Solutions Show, patrocinado pela Tradener, foi realizado em plataforma digital neste ano e contou com a participação de importantes nomes do setor elétrico, que em três dias de evento discutiram importantes pautas do mercado.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, fez a abertura do evento. Em sua fala abordou a modernização do setor elétrico nacional e ainda realçou as diversas fontes em operação e os projetos que estão previstos para fazerem parte da matriz.

O deputado Federal Arnaldo Jardim especificou as principais pautas em trâmite no ambiente legislativo como o PLS 232. Arnaldo Jardim comentou que o momento é importante para avançar na abertura do mercado livre de energia. 

O secretário do Ministério de Minas e Energia, Helvio Guerra, esclareceu que o MME é responsável pela coordenação das políticas públicas do setor elétrico brasileiro. O secretário afirmou que em termos de sustentabilidade, há décadas o Brasil vive uma realidade que muitos outros países do mundo estão tentando alcançar.

O futuro da Geração Distribuída foi comentado pelo diretor da Aneel, Christiano Vieira da Silva, que abordou a chamada pública DL 5.163/2004 – VREs. Segundo afirmou, nas análises realizadas pela Aneel sobre os impactos regulatórios, resta clara a necessidade de equilibrar os benefícios regulatórios, o que deve ser bom não só para o funcionamento do setor, mas também, em benefício de todos os consumidores. 

O conselheiro da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Marcelo Loureiro, abordou as oportunidades para consumidores e geradores no mercado varejista de energia. Ele acredita que a migração para o mercado livre de energia acontecerá de forma contínua e organizada, considerando os contratos legados. 

A visão de futuro foi levantada pela especialista do ONS, Maria Alzira Silveira, que deixou claro que a rede se tornará mais inteligente e a estrutura que hoje conhecemos ficará cada vez mais no passado. Para ela, as chamadas smart grids serão responsáveis por mudança e os prosumers serão mais presentes no mercado elétrico brasileiro.

Maria Alzira comentou que o futuro será construído de acordo com um novo cenário composto por descarbonização, descentralização, eletrificação, digitalização, smartness e mudanças de paradigmas. 

Para a Tradener a discussão desses e outros assuntos são relevantes para o desenvolvimento do setor e a modernização que está em curso. Momentos como esse unem os agentes e fornecem informações atualizadas sobre o andamento do mercado energético brasileiro, bem como traz importantes experiências sobre outros países.

Os agentes almejam há anos a modernização do setor e a abertura de mercado para os consumidores, com organização, diálogo e respeito a todos.

Veja Também

%d blogueiros gostam disto: