Companhia paranaense exporta energia para a Argentina

Tradener, com sede em Curitiba, tem contrato até dezembro de 2022

O Brasil começou esta semana a exportar energia para a Argentina através da comercializadora nacional Tradener, com sede em Curitiba. A empresa recebeu a autorização do Ministério de Minas e Energia em julho. Já estão gerando a energia desse fornecimento as usinas térmicas Norte Fluminense, Engie, Copel – através da -Usina Elétrica a Gás de Araucária – além da Usina Ambar, de Cuiabá (MT).

O contrato é direto com a Compañía Administradora del Mercado Mayorista Eléctrico (Cammesa)representada no Brasil pela Tradener. O contrato tem validade até 31 de dezembro de 2022. O valor do negócio não foi revelado pelas companhias. A empresa curitibana exporta e importa energia para Uruguai e Argentina desde 2006.

A Tradener é uma das maiores comercializadoras independentes de energia elétrica e gás natural do país, com foco nos consumidores livres de energia elétrica e produtores independentes. Pioneira no segmento desde 1998, foi a primeira empresa do Brasil autorizada pela Aneel a comercializar energia com consumidores livres e geradores no ambiente de contratação livre.

Fonte: Amanhã

03.08.2020

Veja Também

%d blogueiros gostam disto: