Série EnaseTalks discute regulamentação do setor elétrico

A primeira edição do EnaseTalks (versão online do tradicional Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE, considerado o principal encontro político-regulatório do país) conta com o patrocínio da Tradener.

A primeira edição do EnaseTalks (versão online do tradicional Encontro Nacional do Setor Elétrico – ENASE, considerado o principal encontro político-regulatório do país), foi apresentada ao vivo no dia 24 de junho, em promoção do Canal Energia e com patrocínio da Tradener.

Participaram Rodrigo Limp, Secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, e André Pepitone, Diretor-Geral da Aneel.

Eles discorreram sobre regulamentação no setor elétrico. Veja um resumo da argumentação.

 

Rodrigo Limp

Não poderíamos nos afastar de princípios, um deles é o diálogo. O MME e a Aneel estão coordenando as conversas com os agentes do mercado.

Parafraseando o ministro Bento Albuquerque, segurança jurídica é um mantra na atuação do ministério. 

As medidas para proteção ao setor elétrico incluíram:

– Isenção das tarifas para as unidades cadastradas como baixa renda. 

– Regulamentação da MP 950 e respectivo Decreto. Ao longo das discussões, fizemos aprimoramentos. O MME fez a edição do Decreto e passou para a Aneel, que de forma recorde abriu o processo para consulta pública.

Em três meses estruturamos uma operação de mercado, com foco no consumidor, preservando a segurança do mercado e sem recursos públicos.

 

André Pepitone

Edição da Medida Provisória aconteceu em abril. Segmentamos os impasses a fim de superá-los, com manutenção da segurança e estabilidade do setor elétrico brasileiro.

Foi uma operação de mais de R$ 16 bilhões de reais em que a Aneel atuou em harmonia e parceria para entregar à sociedade e ao país uma solução. 

Mantivemos diálogo com o governo, congresso nacional e conseguimos ser exitosos.

Desde de 18 de março vivemos intensamente a conta covid. Um trabalho que exigiu da equipe.

A conta foi essencial para o consumidor de energia elétrica, porque mantivemos a essencialidade para amortecer tarifas, garantindo a estabilidade econômico-financeira do setor. Também houve clareza aos princípios como, respeito a contratos. É preciso que o setor tenha estabilidade para abarcar recursos externos.

Fomos firmes na convicção de que era preciso respeitar contratos. Com isso, chegamos a melhor solução possível, mantendo a atratividade. 

O consumidor pagará o recurso para o banco em 60 meses em vez de 12 meses, o que permite o amortecimento tarifário, a conta Covid pode ser considerada como um amortecedor tarifário para o setor, ao mesmo tempo que injeta liquidez. Ela não foi feita para atender o segmento de distribuição, mas o setor elétrico.

 

A Aneel trabalhou em 3 eixos a fim de estruturar a conta:

– Garantia e segurança dos trabalhadores do setor elétrico;

– Equilíbrio financeiro do setor; e

– Agenda pós crise.

 

Consequências da pandemia

André Pepitone informou que a pandemia repercutiu em queda de demanda e aumento de inadimplência de cerca de 8,1%, que era de 1,7%, ou seja, 6,4% são exclusivos da pandemia.

 

A perda diária é de 42 milhões de reais, o acumulado até julho será 3,4 bilhões de reais. Até dezembro alcança 8 bilhões de reais. Por isso, do pacote de medidas, a estruturação financeira é uma.

Rodrigo Limp cita que é preciso olhar além de 2020, nesse sentido não há uma medida, mas uma cesta de soluções trabalhadas em conjunto com a Aneel.

 

Agenda Setorial – Modernização do setor elétrico

Rodrigo Limp lembrou que antes da pandemia a pauta da modernização já era urgente antes da pandemia, agora mais do que nunca o setor elétrico tem que se tornar mais eficiente com melhor alocação de recursos para a retomada do país.

 

O principal ponto é a abertura do mercado livre e liberar todas as medidas que são necessárias para a abertura segura.

 

Demos início por meio da edição da portaria que reduz os requisitos para até 500 megawatts, o que aumenta a competitividade nessa faixa de consumo, objetivando menores preços de energia no mercado. Esse avanço é discutido há 20 anos. Agora, de fato, avançamos com um cronograma estruturado gradual. 

 

Queremos ir mais longe, o PLS 232/2016 prevê que todos os consumidores tenham acesso ao mercado livre. A relatoria foi muito bem coordenada pelo senador Marcos Rogério, que encontrou uma proposta de consenso com todo o setor, o que não é fácil em um setor plural, com ideias divergentes.

 

O PLS 232 está em deliberação no plenário, temos sensibilidade da importância da aprovação da matéria. Com a tratativa de redução além dos 500 kW, a Aneel também deve fazer estudos para estruturar a abertura. 

 

André Pepitone

A Crise vai passar e devemos focar na agenda pós crise, uma série de medidas está sendo tratada para a abertura do mercado livre. O aprimoramento está na pauta do congresso nacional, também tramita o PL 1917, a consulta pública 33, a portaria 187.

 

Vivemos um marco importante no setor elétrico brasileiro com a audiência de infraestrutura presidida por Marcos Rogério, fomos o colegiado da Aneel ao lado de Bento Albuquerque houve a aprovação do PLS 232, com isso avançamos na reforma, lastreados em princípios, liberdade de escolha, competição, formação de preços mais eficientes.

Veja também

Mercado Livre

06.12.23

Pequenas indústrias podem economizar com o mercado livre de energia.

Mercado Livre

29.11.23

Pequenas redes de supermercados também podem economizar com o mercado livre de energia.

Mercado Livre

22.11.23

Condomínios prediais agora podem economizar com o mercado livre de energia.

Mercado Livre

14.11.23

Você já imaginou a segurança de contar com uma comercializadora de energia que é também geradora?

Mercado Livre

08.11.23

Compreendendo a Transição para o Mercado Livre de Energia: O Caminho da Sustentabilidade para a Sua Empresa.

Mercado Livre

01.11.23

Descubra o Caminho para sua Empresa Aderir ao Mercado Livre de Energia

Setor Energético

25.10.23

A Importância da Água como Fonte de Energia Elétrica: Sustentabilidade e Eficiência

Geral

11.10.23

Explorando as Vantagens de uma Carreira no Mercado Livre de Energia e no Setor Elétrico

Mercado Livre

04.10.23

Rede hoteleira: por que o mercado livre de energia é tão vantajoso?

Mercado Livre

27.09.23

Consumidor de energia de alta tensão: O mercado livre de energia é para você

Mercado Livre

20.09.23

Fontes Renováveis de Energia: Construindo um Futuro Sustentável

Mercado Livre

13.09.23

Energia incentivada: entenda os benefícios e incentivos previstos

Mercado Livre

06.09.23

O Cenário do Mercado Livre de Energia e Suas Implicações

Setor Energético

30.08.23

Você sabe o que são fontes incentivadas de energia?

Setor Energético

23.08.23

O Papel Essencial dos Geradores de Energia no País

Mercado Livre

16.08.23

Como funciona a negociação de energia para o mercado cativo e o mercado livre?

Mercado Livre

09.08.23

Otimize seus Resultados: Por que planejar a Contratação de Energia no Mercado Livre?

Mercado Livre

02.08.23

Liberdade de escolha: A Possibilidade de Planejar sua Energia no Mercado Livre

Mercado Livre

26.07.23

Mercado Livre de Energia segue em crescimento e já atende 90% da indústria nacional

Setor Energético

19.07.23

Energia Renovável: O Futuro Sustentável da Geração de Energia

Setor Energético

12.07.23

A Importância da Água na Geração de Energia Elétrica no Brasil: Um Recurso Essencial e Sustentável

Mercado Livre

05.07.23

Baixa tensão versus alta tensão: Entenda as diferenças no mercado livre de energia

Mercado Livre

28.06.23

Quando é o momento certo para minha empresa migrar para o mercado livre de energia?

Mercado Livre

21.06.23

Compra de Energia no Mercado Livre: Benefícios e Oportunidades

Mercado Livre

14.06.23

Hidrogênio verde deve se firmar como principal energético da próxima década.

Geral

07.06.23

Tradener recebe pela terceira vez a certificação Great Place To Work.

Mercado Livre

31.05.23

O que é preciso para migrar para o mercado livre de energia?

Setor Energético

24.05.23

Você sabia que a Tradener é uma empresa geradora de energia?  

Setor Energético

17.05.23

Na Tradener você compra energia limpa e certificada

Setor Energético

10.05.23

Energias renováveis e o mercado livre de energia

Mercado Livre

03.05.23

Como fica a relação entre migrantes do mercado livre de energia e a distribuidora local?

Geral

26.04.23

O que faz um profissional que trabalha com comercialização de energia?

Mercado Livre

19.04.23

Como fica a minha fatura ao migrar para o Mercado Livre de Energia?

Mercado Livre

12.04.23

Quando posso migrar para o mercado livre de energia?

Mercado Livre

05.04.23

Posso escolher qual fonte de energia vou comprar?

Mercado Livre

29.03.23

Quanto vou economizar migrando para o Mercado Livre de Energia?

Mercado Livre

22.03.23

Quais pontos analisar na hora de escolher uma comercializadora de energia?

Mercado Livre

15.03.23

Quero migrar para o Mercado Livre de Energia. Como proceder?

Leilões

05.12.22

Você sabe o que é energia de reserva?

Gás

30.11.22

Conheça a nossa estação de produção e extração de gás natural

Gás

29.11.22

Conheça a Usina Termelétrica Barra Bonita

Mercado Livre

24.10.22

Abertura do Mercado Livre de Energia: como ficará a portabilidade da conta de luz para alta tensão?

Na Mídia

30.08.22

Presidente da Tradener é entrevistado em matéria sobre PCHs na plataforma da Gazeta do Povo

Gás

26.08.22

Biometano: fonte energética limpa

Geral

25.08.22

Redução do ICMS no setor elétrico

Geral

27.07.22

Walfrido Avila é uma das 100 personalidades mais influentes do setor de energia

Press Release

04.07.22

Nova Lei do Gás: Tradener e Compagas viabilizam a primeira importação de gás e inauguram o Mercado Livre

Na Mídia

04.07.22

Tradener é destaque editorial na imprensa pela divulgação do primeiro contrato que inaugura o mercado livre do gás no Brasil.

Geral

07.06.22

Tradener alcança certificação Great Place to Work pela segunda vez

Na Mídia

17.05.22

Barra Bonita é destaque em jornal Gazeta do Povo do PR

Geral

04.05.22

Tradener investe em energia limpa e renovável para um mundo em transformação

Setor Energético

28.04.22

Brasil alcançou a 6ª posição em ranking de energia eólica

Geral

27.04.22

Mês da criatividade e inovação com protagonismo da Tradener

07.04.22

Cidade de Pindaí onde empresa do grupo tem parque eólico celebra 60º aniversário

Setor Energético

23.03.22

Como a meteorologia impacta os preços da energia elétrica no Brasil?

Press Release

22.03.22

Tradener propõe Plano Nacional de 100 PCHs com geração de até 1 milhão de empregos

Press Release

22.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Press Release

22.03.22

Tradener cresceu quase 60% suas vendas de energia em MWh em 2021

Press Release

22.03.22

Tradener aumentou em 103% sua compra de energia no longo prazo.

Setor Energético

22.03.22

A importância da água na geração de energia elétrica.

Setor Energético

15.03.22

O que esperar da micro e mini geração distribuída x incentivos e crescimentos projetados?

Gás

07.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Setor Energético

22.02.22

PDE 2031: qual é a tendência da Matriz Energética Nacional para a próxima década?

Geral

17.02.22

Sua empresa está preparada para descarbonizar?

Setor Energético

10.02.22

Como está o processo de geração de energia eólica em mar brasileiro?

Setor Energético

09.02.22

A influência das chuvas na geração de energia eólica

Setor Energético

02.02.22

Energia Renovável no Brasil, o que esperar para os próximos anos?

25.01.22

Parabéns, São Paulo da garoa, da terra boa e da energia solar!

Geral

10.11.21

Como é o mercado de trabalho no setor de energia?

Mercado Livre

11.08.21

Como alcançar mais previsibilidade na fatura de energia elétrica?

Geral

25.03.21

Energia Eólica no Brasil e no mundo

%d