Migração para o mercado livre de energia contribui para reduzir consumo

Celulose Online

A questão da eficiência energética ganhou mais uma alternativa para estimular a sociedade a reduzir o consumo e utilizar fontes renováveis de energia.

O PLS 284/208, apresentado pela senadora Rose de Freitas, que dispõe sobre a adoção de práticas de construção de edificações sustentáveis para geração de energia elétrica foi aprovado pela Comissão de Infraestrutura (CI), no dia 9 de março, com alterações do relator Jaques Wagner.

O PLS inicial deliberava a concessão de incentivos fiscais para projetos de empreendimentos que tivessem sistemas próprios de geração de energia elétrica, também exigia da União construções sustentáveis. O relator adequou a proposta liberando a União da construção, deixando sob a responsabilidade da instituição a racionalização de energia.

Para Walfrido Avila, presidente da Tradener, empresa pioneira na comercialização de energia no mercado livre, a abertura do Mercado Livre de Energia é mais uma ação que contribui com a redução do consumo.

Fonte: Celulose Online

Veja Também

%d blogueiros gostam disto: