Brasil está em 4 lugar no ranking de países que mais cobram tributos nas contas

Especialista do setor elétrico aponta a abertura do Mercado Livre a todos os consumidores para diminuição dos custos com energia em residências e empresas

De acordo com estudo lançado neste mês pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), o Brasil está em quarto lugar no ranking de 33 países que cobram mais impostos nas contas de luz dos consumidores residenciais, ficando atrás apenas da Dinamarca, Alemanha e Portugal.

O levantamento considerou os valores tarifários de 2017 e apontou que, do valor total que os dinamarqueses pagam pelas contas de luz, 64% corrrespondem a tributos. Já na Alemanha, o percentual é de 55%; em Portugal, 52%; e, no Brasil, são 41% de tributos. Os países com menores cargas tributárias são Reino Unido, com 5%, e Japão e Austrália, ambos com 9%.

Para Walfrido Avila, presidente da Tradener, primeira comercializadora de energia no Brasil, no mercado livre, os consumidores residenciais teriam uma diminuição de, em média, 20% nas contas de luz e não estariam sujeitos às altas tarifas que são cobradas atualmente. “Por isso a Tradener defende abertura imediata do mercado livre a todos. O ambiente livre provou que os consumidores já economizaram mais de R$ 83 bilhões, de 2003 a 2017, segundo a Abraceel”, afirma Walfrido.

Hoje, consumidores com carga inferior a 500 KW estão no chamado mercado cativo e não podem negociar a energia no mercado livre, sendo dependentes da distribuidora a qual estão conectados. Esse é o caso de residências e pequenos comércios e indústrias. Apenas os consumidores com carga superior a 500 KW podem negociar e comprar energia no mercado livre.

Sobre a Tradener: É uma das maiores comercializadoras independentes de energia elétrica e gás natural do país, com foco nos consumidores livres de energia elétrica e produtores independentes. Pioneira no segmento desde 1998, foi a primeira empresa do Brasil autorizada pela Aneel a comercializar energia com consumidores livres e geradores no ambiente de contratação livre. Com investimentos em geração renovável, a companhia está no ranking das maiores e melhores empresas do Brasil. Site: http://www.tradener.com.br.

Informações para a imprensa:
Fran Press Comunicação Corporativa / (11) 3064-4575 

Frank Rogério                                            
Diretor de Planejamento e Estratégia de Comunicação
frank@franpress.com.br – ramal 201        

Mayara Reis
Assistente Executiva de Atendimento
mayara@franpress.com.br – ramal 202

Veja também

Geral

21.06.22

O que faz um profissional que trabalha com comercialização de energia?

Geral

07.06.22

Tradener alcança certificação Great Place to Work pela segunda vez

Na Mídia

17.05.22

Barra Bonita é destaque em jornal Gazeta do Povo do PR

Geral

04.05.22

Tradener investe em energia limpa e renovável para um mundo em transformação

Setor Energético

28.04.22

Brasil alcançou a 6ª posição em ranking de energia eólica

Geral

27.04.22

Mês da criatividade e inovação com protagonismo da Tradener

07.04.22

Cidade de Pindaí onde empresa do grupo tem parque eólico celebra 60º aniversário

Setor Energético

23.03.22

Como a meteorologia impacta os preços da energia elétrica no Brasil?

Press Release

22.03.22

Tradener propõe Plano Nacional de 100 PCHs com geração de até 1 milhão de empregos

Press Release

22.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Press Release

22.03.22

Tradener cresceu quase 60% suas vendas de energia em MWh em 2021

Press Release

22.03.22

Tradener aumentou em 103% sua compra de energia no longo prazo.

Setor Energético

22.03.22

A importância da água na geração de energia elétrica.

Setor Energético

15.03.22

O que esperar da micro e mini geração distribuída x incentivos e crescimentos projetados?

Gás

07.03.22

Tradener fecha contrato inédito com a YPFB para trazer gás natural boliviano ao Brasil.

Setor Energético

22.02.22

PDE 2031: qual é a tendência da Matriz Energética Nacional para a próxima década?

Geral

17.02.22

Sua empresa está preparada para descarbonizar?

Setor Energético

10.02.22

Como está o processo de geração de energia eólica em mar brasileiro?

Setor Energético

09.02.22

A influência das chuvas na geração de energia eólica

Setor Energético

02.02.22

Energia Renovável no Brasil, o que esperar para os próximos anos?

25.01.22

Parabéns, São Paulo da garoa, da terra boa e da energia solar!

Geral

10.11.21

Como é o mercado de trabalho no setor de energia?

Mercado Livre

11.08.21

Como alcançar mais previsibilidade na fatura de energia elétrica?

Geral

25.03.21

Energia Eólica no Brasil e no mundo

Setor Energético

20.05.22

Chuvas de março melhoram afluência da região Sul

%d blogueiros gostam disto: